Polícia

Líder comunitário é assassinado em Parnamirim

SELO POLICIAO líder comunitário, Ivo Messias, que tinha grande inserção nos movimentos sociais de Parnamirim, Sertão do Araripe, foi brutalmente assassinado na tarde desta quarta-feira (08). Ivo foi atingido quando se deslocava do centro da cidade para a localidade de Jacaré, interior de Parnamirim.

O crime pode ter tido características de emboscada. Na cidade comenta-se que o assassinato de Ivo também pode ter motivação política. A vítima era colaborador da imprensa da região e costumava denunciar desmandos do município.

Ivo Messias também tinha uma ligação próxima com o ex-vice prefeito e candidato a prefeito de Parnamirim em 2012, Múcio Angelim. A Polícia Civil na cidade já iniciou investigações sobre o crime.

Homem é preso ao fugir do regime semiaberto

SELO POLICIADando continuidade a Operação Sossego, foi preso nesta quarta (08) Josué Santana dos Santos.

De acordo com informações policiais, contra Josué havia um mandado de prisão expedido em 04 de dezembro de 2013,  pelo juiz da 2ª Vara de Execuções Penais, por ter se evadido do regime semiaberto em 12 de julho de 2006, da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes (PDEG), em Petrolina.

Na ocasião, o mesmo foi preso por crime de estupro de vulnerável. Josué foi detido e conduzido e até a Delegacia de Cabrobó, para as medidas julgadas cabíveis.

Jovem é preso por porte ilegal de arma

armaDurante realização da Operação Risco Zero, as equipes do GATI, ROCAM, GT da Operação Reflorestar/Belém do São Francisco-PE, NIS-2 e Malhas da Lei se deslocaram até a Rua Vereadora Ana Lustosa Coelho, Novo Horizonte, onde teria uma arma de fogo.

Ao chegar ao local, Clésio Soares dos Santos, 18 anos, autorizou a entrada do policiamento, que após as buscas realizadas encontrou um revólver calibre .38 com oito munições intactas do mesmo calibre.

Clésio Soares foi detido e conduzido, juntamente com o material apreendido, até a DPC local para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

CIPE-Caatinga apresenta balanço de ações realizadas em 2013

CIPE-CAATINGA-ERRADICACAO-MACONHA

O comando da CIPE-Caatinga informou na tarde desta terça-feira (07) o balanço das ações da especializada ao longo de 2013.  Entre os destaques da CIPE, estão a apreensão/erradicação de 3 toneladas de maconha, a erradicação de plantios que totalizaram 400 mil pés de maconha durante as diversas diligências e operações desenvolvidas, a apreensão de 153 armas de fogo e a condução de 172 pessoas à delegacia para lavratura de prisão em flagrante ou de termo circunstanciado.

cipe-caatingaA CIPE-Caatinga contabilizou ainda 238.560 pessoas abordadas, 25.456 veículos de quatro rodas abordados, 24.895 veículos de duas rodas abordados, 1.776 ônibus abordados, além de 9.360 bares abordados ao longo de 2013.

“São números que expressam o desempenho operacional assim como o empenho dos policias desta Unidade Especializada, que há doze anos trabalham a fim de manter a ordem pública e a tranquilidade do povo baiano e, atualmente, atuam, diuturnamente, em 38 municípios do norte do Estado”, informou o comandante da CIPE, o Major PM José Carlos Soares Mariano.

[F] Divulgação/CIPE-Caatinga

Petrolândia: homem é preso em flagrante

EDIVANIO-DA-CONCEICAO

No início da tarde de sábado (04), integrantes das Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante Edvânio da Conceição de 28 anos, em Petrolândia, Sertão do Estado. O suspeito foi preso em flagrante após populares solicitarem ajuda de policiais militares da 4ª CIPM/Petrolândia, para intervir numa ocorrência de violência doméstica na Vila Nova Esperança, Bairro Sem Teto.

O suspeito que tentava agredir sua própria mãe e foi conduzido à Delegacia de Plantão em Floresta, onde foi autuado em flagrante pelo delegado plantonista, na Lei Maria da Penha e após os procedimentos de praxe, foi recolhido à cadeia pública de Petrolândia onde ficará a disposição do juiz da referida comarca.

As informações são da Diretoria Integrada do Interior 2

Operação Noite Feliz arrecada cerca de seis mil itens

2

De um lado bolas, bonecas, carrinhos, roupas, sapatos e alimentos. Do outro um olhar, um sorriso e um abraço de gratidão num sentimento indescritível. Foi dessa forma o 1º Ano da Operação Noite Feliz da Polícia Civil de Pernambuco que superou as expectativas dos policiais. Quase seis mil itens foram arrecadados em menos de um mês de campanha realizada nas delegacias do Estado de Pernambuco.

“A solidariedade é contagiante. A vontade de fazer o bem se espalha entre as pessoas com a proximidade dos festejos de final de ano”, disse o Chefe da Polícia Civil Osvaldo Morais que deu iniciou a doação no Recife visitando a Creche de Tia Socorro, em Prazeres, onde vivem mais de 50 crianças na faixa etária de zero a seis anos.

No local, a dona da creche Zenilda Bezerril, 74 anos, falou da satisfação em receber as doações da Polícia Civil e parabenizou a iniciativa. “Se cada um fizesse um pouco muita gente estaria feliz nos dias de hoje”, afirmou.

DSC00591Ideia - A ideia da Operação Noite Feliz surgiu do delegado Glaukus Menck, gestor de Polícia do Interior 2, no Sertão Pernambucano. Tudo começou com a Operação Caixa de Sorriso, no Dia das Crianças. A ação foi realizada apenas no Sertão e foi um sucesso. Com a Noite Feliz não podia ser diferente. O Sertão foi a área que mais arrecadou donativos: 1.257 quilos de alimentos; a 1.200 refrigerantes; 1.015 brinquedos e 472 peças de roupas para todas as idades.

A Diretoria do Interior 1 – Agreste do Estado – também se engajou na luta e conseguiu arrecadar 160 brinquedos, 120 quilos de alimentos e 110 peças de roupas. A Delegacia do Idoso, no Recife arrecadou 14 brinquedos. O Departamento de Crimes Patrimoniais, conseguiu 340 brinquedos e 65 quilos de alimentos. O Departamento de Narcotráfico recolheu 160 brinquedos e a Delegacia de Paulista 230 brinquedos. A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social, Delegacia Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos, Delegacia de Jaboatão dos Guararapes e tantas outras também se engajaram na campanha. Cada delegacia ou departamento ficou responsável pela escolha da instituição para a entrega dos donativos.

[T] Com informações da Assessoria de Comunicação da Diretoria Integrada do Interior 2

Agricultor é preso por tráfico de drogas em Belém do São Francisco

Afonso-Jose

Na tarde de sábado (04), policiais da equipe Malhas da Lei de Floresta prenderam em cumprimento a mandado de prisão por tráfico de drogas, o agricultor Afonso José da Silva, de 56 anos.

De acordo com as informações da polícia, ele foi preso em frente a sua casa, localizada no centro da cidade de Belém do São Francisco. O acusado foi conduzido a Cadeia Pública de Belém. A ação foi resultado de uma operação em conjunto das Equipe Malhas da Lei – AIS 22, Núcleo de Inteligência do Sertão – NIS 02 – 1ª CIPM e Rocam da 1ª CIPM Belém de São Francisco/PE.

[F] Divulgação

Polícia prende quadrilha de estelionatários que tomavam empréstimos em nome de aposentados

pol civil

Na manhã de hoje (03), policiais civis da delegacia da 214ª Circunscrição em Petrolina, prenderam em flagrante uma quadrilha formada por três mulheres e um homem que vinham aplicando golpes através de empréstimos consignados retirados em nome de beneficiários do Inss na cidade.

Foram presos em flagrante Maria de Lourdes Ventura da Silva de 61 anos, Cleudimar Alves, de 30, Maria das Dores Belo de Siqueira, de 31, e o seu esposo Janio Ferreira da Silva de 30anos que possui passagem pela polícia. “No momento da prisão eles tentavam fazer um empréstimo no valor de R$ 33mil em uma agencia bancária, mas até o momento não afirmar se esses são os reais nomes deles, pois  encontramos dezenas de documentos falsos, assim todos serão  indiciados além do estelionato por apresentação de documentos falsos e formação de quadrilha, destacou a Delegada Francisca Polliana Nery. De acordo com a delegada, a polícia já vinha investigando o caso há cerca de um mês, pois gerentes de agências bancárias da cidade tinham alertado a polícia sobre o uso de documentos falsos para realização de empréstimos, quando a Polícia civil da cidade de Garanhuns informou a delegacia de Petrolina que haviam diversos empréstimos consignados de idosos de Garanhuns sendo realizados em Petrolina.

Com os suspeitos os policiais apreenderam sete RG e sete CPF’s falsificados, aproximadamente R$ 3mil em dinheiro, cartões de crédito e cartões de benefícios sociais, contratos de empréstimos bancários em nome de diferentes pessoas, um veículo Strada, chips para celular, diversas fotos 3×4, e ao menos 50 comprovantes de residências em nomes de pessoas diversas. O levantamento feito pelos policiais aponta que pelo menos onze cidades em três estado eram as preferências do grupo, entre elas: Garanhuns, Águas Bela e Petrolina em Pernambuco, Paulo Afonso e Juazeiro no Estado da Bahia e Arapiraca em Alagoas.

Janio Ferreira será recolhido nas próximas horas ao Presídio Dr. Edvaldo Gomes em Petrolina e as mulheres à Cadeia Pública Feminina da cidade. A possível participação de outros dois suspeitos está sendo investigada pelos policias, além da ação da quadrilha em outros Estados. (Ascom)

Governo da Bahia lança Operação Verão para reforçar segurança nos principais pontos turísticos do estado

operacao verao (4)

Cerca de 20 mil policiais militares participam da Operação Verão 2014,  lançada na manhã desta sexta-feira (3), no Jardim dos Namorados, em Salvador, pelo governador Jaques Wagner. O evento contou também com a presença do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, do comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Alfredo Castro, entre outras autoridades.

A operação contempla 36 localidades baianas com vocação turística como Ilhéus, Lençóis, Porto Seguro e Praia do Forte. Durante o lançamento, as tropas apresentaram equipamentos para operações no ar, na água e em terra, como helicópteros, viaturas, roupas e tanques de mergulho, bicicletas, entre outros.

operacao verao (1)Para o governador, a Operação Verão é uma tradição que reforça os bons resultados obtidos pelo planejamento da segurança pública baiana. “Fechamos o ano de 2013 com uma redução de 10% nos homicídios na Bahia. Esta vitória é coletiva, do programa Pacto pela Vida que completa dois anos de esforços conjuntos das polícias Civil, Militar e Técnica, secretarias de governo, Ministério Público e poderes Legislativo e Judiciário”.

Ascom/BA, fotos: Manu Dias

Tem grupo socialista querendo esticar a corda

eduardo

Por mais que se comente que o nome a ser ungido pelo governador Eduardo Campos para a sucessão estadual deva ser indicado ainda em fevereiro, há correntes importantes no PSB que não estão convencidas de que haveria necessidade de antecipar o calendário do partido. O principal argumento desse bloco é de que há uma indefinição grande rondando o PT – que não sabe se disputa com candidatura própria ou se apoia já no primeiro turno o senador Armando Monteiro Neto (PTB) – e de nenhum dos pré-candidatos postos nas pesquisas superaram a casa dos 35% nas amostras acumuladas até o momento. Revela Gilberto Prazeres no Blog da Folha.

Esses socialistas ressaltam que a pré-candidatura presidencial de Campos ainda terá uma influência determinante no processo de escolha, frisando que as pesquisas (leia-se as qualitativas) indicarão que nome possui maior link com esse projeto. Ou seja, os levantamentos questionarão os pernambucanos sobre quem eles observam que podem estabelecer as melhores parcerias com Eduardo, caso ele conquiste o Planalto.

Outra questão abordada por quem faz essa avaliação é a de que, com a definição antecipada do postulante, poderia ocorrer um processo de desincompatibilização indireta de Eduardo. Para alguns, o socialista praticamente entregaria a responsabilidade de responder por seu governo para um aliado, deixando, talvez, a impressão de que ele abandonou o Estado em prol de sua própria postulação. E isso ele não quer passar.

Como o conjunto de elementos no tabuleiro do governador deve mudar bastante após fevereiro, ele já deixou claro, primeiro, que só sai no fim do prazo legal e já teria indicado internamente que vai lidar com todas as possíveis influências do cenário eleitoral enquanto tiver tempo para isso.

Curiosamente, adversários de Eduardo já estavam fazendo essa aposta nos bastidores. E um deles, inclusive, fez a ressalva de que o governador sabe lidar com o tempo como ninguém. “Ele já pode ter definido a questão em 5 min, mas, se tiver 5 meses para bater o martelo, ele o fará no final desse prazo. Isso, infelizmente, a gente não tem conseguido fazer”, destacou.