Esportes

Tabela detalhada das Quartas da Copa do Nordeste

copa-nordeste

A Diretoria de Competições CBF divulgou, na noite de sexta-feira (24), a tabela detalhada das Quartas de Final da Copa do Nordeste. Os jogos de ida serão disputados na quarta-feira (29) e quinta-feira (30). A volta será logo depois, no sábado (1), e domingo (2).

Confira as datas e horários:

Ida

Quarta-feira (29)

19h15: River-PI x Vitória-BA – Lindolfo Monteiro, Teresina (PI)

21h45: Itabaiana-SE x Santa Cruz-PE – Etelvino Mendonça, Itabaiana (SE)

21h45: Sergipe-SE x Bahia-BA – Lourival Baptista, Aracaju (SE)

Quinta-feira (30)

21h15: Campinense-PB x Sport-PE – Ernani Sátyro, Campina Grande (PB)

Volta

Sábado (1)

16h: Santa Cruz-PE x Itabaiana-SE – Arruda, Recife (PE)

18h15: Vitória-BA x River-PI – Manoel Barradas, Salvador (BA)

Domingo (2)

16h: Sport-PE x Campinense-PB – Ilha do Retiro, Recife (PE)

16h: Bahia-BA x Sergipe-SE – Fonte Nova, Salvador (BA)

Em busca da classificação, Náutico recebe o Belo Jardim na Arena

Náutico-(Comunicação-CNC)

O Náutico está próximo de garantir a classificação às semifinais do Campeonato Pernambucano. A vaga na fase decisiva do Estadual pode ser assegurada neste sábado (25), às 16h, na Arena de Pernambuco, diante do Belo Jardim. No 4º lugar com 11 pontos, o Timbu precisa de uma simples vitória para avançar e nas duas rodadas finais definir apenas a posição em que terminará o Hexagonal do Título.

Devido à sequência de jogos e ao pouco tempo de descanso, o técnico Milton Cruz fará mudanças no time titular para o confronto desta tarde. O objetivo do comandante alvirrubro é descansar os atletas mais desgastados e dar oportunidade aos que pouco atuaram na temporada até o momento.

“Se tiver de mesclar, vou mesclar. Mas não é por causa do adversário, mas sim porque nossos jogadores estão cansados. É preciso de um tempo para recuperar e não tivemos. Jogamos quarta, voltamos na quinta e só treinamos na sexta para jogar sábado”, resumiu.

Embora não tenha divulgado a escalação, Milton Cruz confirmou pelo menos duas peças na equipe: Sueliton e Anselmo. O lateral-direito fará a sua estreia como titular, enquanto o atacante comandará o setor ofensivo após os dois gols diante do Unilcinic-CE.

“Sueliton tem chances porque David atuou vários jogos seguidos, se esforçou bastante. Enquanto Anselmo precisa ter essa sequência depois do tempo que ficou machucado. E vamos dar a oportunidade para quando precisamos ele estar pronto”, concluiu.

[T] e [F] Comunicação CNC

Brasil vence o Uruguai e dispara na liderança

UruguaisxBrasil-(Foto-Lucas-Figueiredo_CBF)

Cada vez mais líder! Ontem (23), a Seleção Brasileira visitou o Uruguai no histórico Estádio Centenário, em Montevidéu, e saiu com a vitória por 4 a 1. O time da casa saiu na frente com gol de Cavani, mas o Brasil virou com três de Paulinho e uma pintura de Neymar. Com o resultado, a equipe comandada por Tite chegou a 30 pontos na tabela das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo Rússia 2018 e disparou na liderança. A Celeste, com 23, está na segunda posição.

O próximo compromisso da Canarinho será diante do Paraguai, na terça-feira (28), às 21h45, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP). O jogo é válido pela 14ª rodada das Eliminatórias.

O jogo – No primeiro tempo, um gol para cada lado. Com as duas equipes se estudando bastante e firmes na marcação, a etapa inicial da partida apresentou uma disputa equilibrada. Mesmo assim, foi o Brasil quem controlou o jogo e teve maior posse de bola (77% contra 23% dos uruguaios). A Seleção Brasileira teve boa chance logo aos três minutos, quando Neymar, em jogada individual, avançou em velocidade ainda do campo de defesa e tocou para Philippe Coutinho, que cruzou rasteiro na área. Roberto Firmino quase concluiu para a Canarinho. Aos nove, Marcelo tentou recuar para o goleiro, Cavani interceptou a bola e foi derrubado por Alisson: pênalti. O próprio camisa 21 do Uruguai cobrou e abriu o placar no Centenário. Mesmo atrás no placar, o Brasil seguiu controlando as ações do jogo e empatou aos 18 minutos. Pela esquerda, Neymar tocou para Paulinho, que avançou sem marcação e soltou uma bomba de longe no ângulo de Martín Silva: 1 a 1.

O Brasil voltou para o segundo tempo buscando o gol logo aos cinco minutos. Neymar cobrou falta e obrigou o goleiro uruguaio a fazer boa defesa. Aos sete, Firmino recebeu na entrada da área, girou e chutou rasteiro. Martín Silva defendeu, mas Paulinho pegou o rebote e não desperdiçou: 2 a 1. Aos 16, Cavani cobrou falta com perigo, e Alisson fez ótima defesa, mandando a bola para escanteio. Na cobrança, Stuani cabeceou, mas o goleiro brasileiro defendeu novamente. O terceiro gol da Seleção Brasileira foi uma pintura! Aos 29 minutos, Neymar pegou o chutão de Miranda para frente, ganhou de Coates na velocidade e encobriu o goleiro da Celeste: 3 a 1. A Celeste se lançou para o ataque, mas o Brasil segurou as investidas até o apito final. E, nos acréscimos, ainda coube mais um. Aos 47, Daniel Alves cruzou da direita, e Paulinho completou de peito: 4 a 1.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto (Fernandinho); Philippe Coutinho (Willian), Firmino (Diego Souza) e Neymar.

[T] Assessoria CBF

[F] Lucas Figueiredo/CBF

Sport perde para o Sampaio mas se garante como primeiro do grupo

Sport-(Williams-Aguiar_Sport-Club-do-Recife)

Num jogo atípico do Sport, o time saiu derrotado para o Sampaio Corrêa, por 2×1, no Castelão, na rodada de fechamento da primeira fase da Copa do Nordeste, na quarta-feira (22) Mesmo com o resultado negativo, a equipe de Daniel Paulista manteve a primeira colocação do Grupo C, com 13 pontos, e terminou como segundo na classificação geral. O gol foi marcado por Rogério.

As quartas de finais do torneio regional se iniciam já na próxima quarta (29) e o adversário rubro-negro ainda será conhecido através de sorteio. Como ficou no chamado primeiro pote, o Leão irá fazer o jogo decisivo em casa e vai enfrentar  uma das quatro equipes: Itabaiana, River, Campinense e Sergipe. Antes, terá pela frente um Clássico das Multidões, contra o Santa Cruz, domingo, na Ilha.

O Jogo – Num dia não tão inspirado do time leonino, o Sampaio Corrêa acabou realmente merecendo deixar o campo com o resultado positivo. O primeiro gol do time maranhense saiu aos 21 minutos, em uma cobrança de falta de Daniel Barros. O curioso é que mesmo não atuando bem, o Leão ainda teve três chances de marcar no primeiro tempo, com André, Leandro Pereira e Rodrigo.

Ainda na etapa inicial, o técnico Daniel Paulista precisou fazer uma substituição forçada, com 26 minutos, quando Caio sentiu uma lesão muscular na coxa. Mansur entrou no seu lugar. Na volta do intervalo, quando se esperava uma reação leonina o que veio mesmo foi um balde de água fria. Logo aos sete minutos, em um contra-aaque rápido, Hiltinho fez 2×0 para os donos da casa.

Depois do gol o Leão acordou. Imprimiu mais intensidade na marcação e conseguiu chegar mais vezes com perigo ao ataque. Aos 24, Fábio fez um bom cruzamento à área e Rogério diminuiu, de cabeça: 2×1. Porém, a melhora da equipe não se traduziu no empate e o Sport amargou a segunda derrota na temporada.

[T]  Sport Club do Recife

[F]  Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Santa Cruz vence e se classifica na Copa do Nordeste

Santa-Cruz-(Foto-Rodrigo-Baltar)

O Santa Cruz conquistou o primeiro grande objetivo da temporada. Na quarta-feira (22), no Arruda, a equipe coral venceu o Campinense, pelo placar de 1×0, e garantiu a classificação para a fase decisiva da Copa do Nordeste.

A vitória também posicionou o Tricolor como líder do Grupo A. O Santa, portanto, terá a vantagem de decidir uma vaga na semifinal atuando no Arruda.

Na partida contra o Campinense, o Santa Cruz manteve o seu estilo. Foi incisivo até marcar o primeiro gol e depois soube administrar a vantagem, com solidez defensiva.

O time teve um bom comportamento ,de uma forma geral, mas o grande destaque do jogo foi o zagueiro Anderson Salles. Ele não apenas marcou o gol da vitória, de pênalti, aos 30 do primeiro tempo.

O atleta também levou muito perigo na bola parada, foi a principal arma ofensiva do Santa e, de quebra, ainda salvou uma bola em cima da linha no ataque do Campinense.

O Santa Cruz segue firme para os próximos desafios! A classificação na Copa do Nordeste foi garantida e o mata-mata já começa na próxima quarta-feira. A hora da decisão é a nossa hora!

Até lá, o Tricolor volta as suas atenções para o Campeonato Pernambucano, em que também tem situação confortável na tabela. Vice-líder da competição, o Mais Querido encara o Sport, domingo, na Ilha do Retiro.

[T] Site Santa Cruz

[F] Rodrigo Baltar

Náutico goleia o Uniclinic fora de casa por 9×0 pela Copa do Nordeste

Náutico-(Comunicação-CNC)

O Náutico precisava golear o Uniclinic-CE e torcer por uma derrota do Santa Cruz diante do Campinense para se classificar às quartas de final da Copa do Nordeste. A sua parte o Timbu fez, na noite de quarta-feira (22), no Estádio Domingão, em Horizonte, ao vencer por 9×0 com três gols de Erick, três de Giva, dois de Anselmo e um contra de Wesclei. Com o resultado, o Alvirrubro chegou aos 10 pontos no Grupo A, mas ficou no 3º lugar e não avançou de fase. O próximo compromisso será contra o Belo Jardim, sábado (25), às 16h, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Nordeste.

O Timbu entrou em campo para fazer a sua parte e esperar pelo outro resultado do Grupo A para buscar a classificação. E o primeiro passo foi dado logo no início da partida. O mínimo a se fazer eram quatro gols, mas com apenas 18 minutos os alvirrubros já haviam feito cinco. Assim que a bola rolou, Erick cruzou e encontrou Giva na área para mandar de cabeça para o fundo das redes: 1×0. Aos dois minutos, Giva foi derrubado na grande área e o árbitro marcou pênalti. Erick cobrou com tranquilidade e anotou o segundo tento.

O ímpeto não diminuiu e aos 11 o Náutico ampliou a vantagem para 3×0. Após cobrança de escanteio de Cal, a bola bateu em Wesclei, do Uniclinic-CE, e entrou. O quarto saiu aos 14 com Giva. O atacante recebeu em boas condições na área e deslocou o goleiro para marcar mais um. E, aos 17, Anselmo mandou de cabeça para o gol após um cruzamento perfeito de Manoel. A equipe cearense teve a chance de diminuir o placar, porém, Teles perdeu um pênalti ao mandar por cima da meta de Tiago Cardoso. Antes do intervalo, o Timbu anotou o sexto com Erick em bonita cobrança de falta e o primeiro tempo terminou com 6×0 no marcador.

Na etapa complementar, com o resultado positivo, o Alvirrubro reduziu a velocidade do confronto, mas sem deixar de buscar o ataque. E com tranquilidade, a goleada aumentou aos 16 minutos. Giva invadiu a área, chutou cruzado e o goleiro espalmou. No rebote, Anselmo apenas empurrou para o gol. Com 7×0 no placar, o técnico Milton Cruz realizou três substituições: saíram David, Rodrigo Souza e Anselmo, entraram Sueliton, João Ananias e Alison. Aos 26, mais um gol do Timbu. Alison deu um bonito passe para Giva. O camisa 77 invadiu a área e tocou na saída do goleiro: 8×0. Para fechar a goleada, Erick passou pelo goleiro com facilidade e marcou o nono tento alvirrubro.

[T] e [F] Comunicação  CNC

Brasil é campeão do Sul-Americano Sub-17

Seleção-Sub-17-(Foto-Gregório-Fernandes_CBF)

O Brasil é campeão do Sul-Americano Sub-17 do Chile! A garotada mostrou o mesmo futebol envolvente que vinha apresentando desde o início da competição na noite de domingo (19) e, com goleada de 5 a 0 para cima do donos da casa, garantiu o título de forma invicta na quinta e última rodada do Hexagonal Final. Paulinho, Alanzinho (3) e Lincoln marcaram os gols no Estádio El Teniente de Rancagua.

A Seleção Canarinho disputou nove jogos, ganhou sete deles e teve dois empates. Este foi o 12º título da competição conquistado pelo Brasil. Além do troféu, a boa campanha garantiu, com antecedência, a vaga no Mundial Sub-17 da Índia, que será disputado no próximo mês de outubro.

O jogo – A Seleção Brasileira entrou em campo precisando apenas de um empate para conquistar o título do Sul-Americano Sub-17. A garotada da Canarinho, no entanto, não quis saber da vantagem e partiu para cima do Chile desde o início da partida. Logo aos nove minutos, na primeira subida ao ataque, Paulinho já abriu o placar. Após jogada em velocidade no meio, Lincoln deu ótimo passe para o camisa 7, que deu um belo toque por cima do goleiro Concino para balançar a rede. E o Brasil queria mais. Aos 27, o autor do primeiro gol escorou para o meio da área e Lucas Halter acertou o travessão de cabeça. Já no fim do primeiro tempo, com 43 minutos de bola rolando, Alanzinho cobrou falta da entrada da área e marcou o segundo. A bola ainda bateu nas costas do arqueiro chileno antes de entrar.

Na etapa final, o Brasil continuou com a postura ofensiva. Aos sete minutos, Vinícius Júnior fez boa jogada individual, bateu de trivela buscando o ângulo e obrigou Concino a fazer grande defesa. Onze minutos mais tarde, Alanzinho cobrou falta da esquerda, a bola quicou na frente do arqueiro de chileno e acabou morrendo no fundo da rede: terceiro da Canarinho. Com a ótima vantagem, a Seleção Brasileira passou a trocar mais passes, mas se manteve no ataque. Aos 35, Weverson partiu em velocidade pela esquerda e cruzou na medida para Lincoln, que vinha entrado na área, bater de primeira e marcar o quarto. A garotada estava impossível e queria mais. Dois minutos depois, Ricardinho tabelou no meio-campo e serviu Alanzinho. O meia marcou o terceiro dele, quinto do Brasil, e deu números finais ao duelo. Título conquistado em grande estilo!

Brasil: Gabriel Brazão; Lucas Halter, Vitão, Weverson e Victor Bobsin; Wesley (Rodrigo Nestor), Marcos Antonio e Alanzinho; Vinicius Júnior (Vitinho), Paulinho e Lincoln (Yuri).

Confira aqui a campanha do Brasil.

[T] Assessoria/CBF

[F] Gregório Fernandes/CBF

Com gol de Paulo Henrique, Sport vence Belo Jardim no Arruda

SPort-(-Williams-Aguiar_Sport-Club-do-Recife)

Mais uma vez o Sport entrou em campo com um time alternativo no Campeonato Pernambucano e mais uma vez saiu invicto. Agora, com uma boa vitória sobre o Belo Jardim, por 1×0, no Arruda. Resultado que deixou a equipe na terceira colocação do Estadual, com os mesmos 12 pontos do Santa Cruz, segundo. Paulo Henrique foi o autor do único gol do jogo, realizado ontem (19).

Nesta partida, chamou a atenção também o grande número dos atletas da base leonina. Dos 21 relacionados para o confronto, 15 foram formados pelo Clube. Três deles, inclusive, estiveram pela primeira vez no profissional: Elias, Pedro Vitor e João Victor.

O Jogo – Num estádio praticamente vazio, o time alternativo do Leão fez por onde conquistar mais uma vitória no Campeonato Pernambucano. Foi donos das ações da partida, e viu o Belo Jardim apenas se defendendo, sem dar trabalho algum ao goleiro Agenor. Mesmo com o melhor momento dos rubro-negros acontecendo no segundo tempo, a equipe de Daniel Paulista criou, pelo menos, quatro chances reais de gol.

Quase todas caíram nos pés de Paulo Henrique, que por pouco não marcou um golaço de calcanhar, quando a bola bateu caprichosamente na trave. O atacante ainda carimbou o travessão em outra oportunidade, mas o bandeirinha assinalou impedimento. Nos outros dois lances, um o zagueiro tirou uma bola que tinha endereço certo e no outro o atacante, livre, acabou não chutando bem.

Na volta do intervalo, o time voltou se entendendo melhor em campo, sobretudo nas jogadas ofensivas. Logo nos primeiros minutos, Alison teve uma chance claríssima mas chutou pra fora. Pouco depois, aos 10, o gol leonino. Após cruzamento na área de Everton Felipe, Paulo Henrique subiu alto para cabecear e foi rápido para aproveitar o rebote e fazer 1×0, de carrinho.

Nos minutos finais, o Belo Jardim tentou se arriscar mais e ensaiou uma reação. O que não passou de um “fogo de palha”.

[T] Sport Club do Recife

[F] Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Santa Cruz vence o Central por 5 x 1

Santa-CRuz-(Foto-Genival-Paparazzi)

Em jogo válido pela 7ª rodada do Hexagonal do Título do Pernambucano Série A1, o Santa Cruz recebeu o Central no Arruda e venceu o clube alvinegro por 4x 1.

Everton Santos (2), Aleff Pitbull, Anderson Sales e Frederico Gino marcaram para os donos da casa. Thomáz balançou as redes para o Central.

Com a vitória o Santa Cruz chegou aos 12 pontos, o Central continua na lanterna com apenas três pontos conquistados.

[T] Assessoria/FPF

[F] Genival Paparazzi

Náutico perde para o Salgueiro fora de casa

SalgueiroxNáutico(Comunicação-CNC)

A sequência de bons resultados do Náutico sob o comando de Milton Cruz chegou ao fim na noite do último sábado (18) . No Estádio Cornélio de Barros, o Timbu foi derrotado pelo Salgueiro por 2×0 com gols de Willian Lira e Levi, em confronto válido pelo Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano. Com o resultado, o Alvirrubro caiu para o 3º lugar com 11 pontos e o próximo desafio será pela Copa do Nordeste, quarta-feira (22), às 21h45, diante do Uniclinic, em Horizonte, no Ceará.

Acostumado ao gramado alto do Cornélio de Barros, o Salgueiro tentou surpreender o Náutico se impondo em campo e pressionando desde o início. Porém, sem efetividade nas chegadas ao ataque. Na melhor chance até aquele momento do jogo, Tiago Cardoso fez uma grande defesa na tentativa de Jean, após cobrança de escanteio. O Timbu chegou com perigo nos contra-ataques. Em um deles, Erick passou pela defesa e chutou nas mãos do goleiro Mondragon. Mas quem chegou primeiro ao gol foi o Caracará. Aos 42 minutos, Toty cruzou e Willian Lira mandou de cabeça para abrir o placar.

O técnico Milton Cruz não fez substituições na volta do intervalo. Apostou na mudança de postura e logo no começo da etapa complementar os alvirrubros buscaram o empate. Com um minuto, Manoel arriscou da entrada da área e por pouco não deixou tudo igual no marcador. Com mais posse de bola, o Timbu continuou pressionando o adversário, mas sem conseguir balançar as redes. Em cobrança de falta, Alison acertou o travessão e a bola teimou em não entrar.

Após os 20 minutos, o comandante alvirrubro fez a primeira alteração: Giva na vaga de Darlan. A pressão do Náutico continuou e a partida ficou praticamente de ataque contra a defesa. Giva, que havia acabado de entrar, desperdiçou uma grande chance em chute cruzado. Na sequência, Jefferson Renan substituiu Erick em uma nova tentativa de melhorar o ataque do time. Porém, o Carcará se aproveitou de um contra-ataque para garantir a vitória. Levi mandou por cima do goleiro Tiago Cardoso e fechou o placar em 2×0.

[T] e [F] Comunicação CNC