Esportes

Santos, Grêmio e Botafogo tentam ir à semifinal da Libertadores

Santos-(Ivan-Storti_SantosFC)

Santos x Barcelona de Guiaquil e Grêmio x Botafogo são jogos decisivos para os três times brasileiros pela Taça Libertadores, na noite desta quarta-feira (2): na melhor das hipóteses, dois deles seguirão na disputa, classificados para as semifinais e, na pior, apenas um irá adiante, em mais uma etapa da luta pelo título.

Os dois jogos das quartas de final vão começar às 21h45. O Santos empatou com o Barcelona, no Equador, por 1×1, na primeira partida, e se manteve como único invicto da competição. Por isso, como gol fora de casa é critério de desempate, agora o time paulista se classifica com um empate de 0x0 ou vitória por qualquer placar na Vila Belmiro. Se houver novo empate de 1×1, a decisão será nos pênaltis. Os equatorianos só se classificam se vencerem o jogo ou empatarem ao menos por dois gols.

Em Porto Alegre, o Grêmio só irá direto às semifinais se vencer o jogo. Como a primeira partida, no Rio, foi 0x0, vitória fora de casa ou empate por qualquer placar classificam o Botafogo. Mas um novo 0x0 leva a decisão para os pênaltis.

Na Argentina, a situação se repete nas outras duas partidas da rodada, com três clubes argentinos em ação, um deles contra um boliviano e os outros dois se enfrentando pelas vaga de semifinalista: River Plate x Jorge Wilstermann e Lanus x San Lorenzo. Nos jogos de ida, Wilstermann e San Lorenzo venceram por 3×0 e 2×0, respectivamente; agora, vão jogar por empate ou vitória simples.

A noitada de futebol também terá mais uma rodada da Copa Sul-Americana, com quatro times brasileiros em ação. Os jogos são: Ponte Preta x Sport; Flamengo x Chapecoense; Racing Club (ARG) x Corinthians. Também vão jogar Estudiantes (ARG) x Nacional (PAR) e Junior (COL) x Cerro Porteño (PAR). Nesta quinta-feira (21), o Fluminense enfrenta a LDU, no Equador.

O Sport tem vantagem contra a Ponte Preta, por ter vencido em casa por 3×1: agora, pode empatar e até perder por um gol de diferença. O Flamengo empatou em 0x0 com a Chapecoense o jogo de ida e agora, em casa, precisa vencer por uma vitória simples ou empatar com marcação de gols. Outro 0x0 obriga à decisão nos pênaltis. O Corinthians empatou em casa com o Racing Club por 1×1 e, nesta segunda partida, terá que vencer na Argentina ou empatar pelo menos por dois gols para seguir na disputa. Vitória ou empate de 0x0 classifica o Racing. Novo empate de 1×1 terá decisão por pênaltis.

[T] Jorge Wamburg/Rádio Nacional

[F] Ivan Storti/SantosFC

Jogos Escolares da Juventude: Equipe de handebol de escola municipal de Petrolina tem jogo decisivo

Handebol

Campeão pernambucano dos jogos escolares, o time de handebol da Escola Municipal Professora Eliete Araújo de Souza, de Petrolina, está disputando os jogos Escolares da Juventude 2017, na cidade de Curitiba, Paraná.  A equipe entra em quadra nesta terça-feira(19) contra o time do estado de Alagoas para um jogo decisivo que vale vaga na etapa semifinal.

Os atletas entrarão em campo empolgados após a emocionante vitória contra o time do Colégio José Romão, de Sobral, Ceará. A partida foi decidida na prorrogação e terminou em 22 a 18 para os pernambucanos. Essa é a primeira vez que o time da escola representa Pernambuco na fase nacional.

Para o professor e treinador Marcos Campos, que acompanha o time na competição, a expectativa é muito positiva e os jogadores estão preparados. “É uma competição muito bem nivelada, mas os alunos vão jogar com garra”, promete.

A equipe conta com a participação de Luiz Gustavo, de 14 anos que, na fase estadual, foi eleito o melhor atleta da competição. O aluno-atleta pratica handebol há apenas um ano e recebeu uma homenagem do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, durante o desfile de sete de setembro pelo desempenho.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da iniciativa privada e apoio da Estácio, da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Estado do Paraná.

[F] Washington Alves/Exemplus/COB

Em casa, Cruzeiro vence o Bahia por 1 a 0

CruzeiroxBahia-(Washington-Alves_Light-Press_Cruzeiro)

Embalado no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro venceu mais uma partida na noite deste domingo (17). Pela 24ª rodada da competição, a Raposa recebeu o Bahia no Mineirão e venceu por 1 a 0. Com 37 pontos, a equipe mineira permanece dentro do G-6, na sexta posição. O Esquadrão de Aço, com 27, desceu para o 16º lugar.

No primeiro tempo da partida em Belo Horizonte, o Bahia foi quem levou mais perigo ao gol. O Tricolor chegou perto de abrir o placar com finalizações de Mendoza, Tiago e Rodrigão. Mas foi de Vinícius a melhor oportunidade. O meia ficou cara a cara com o goleiro Fábio e tentou encobri-lo, mas viu o arqueiro se esticar e conseguir a defesa.

O segundo tempo começou com pênalti para o Cruzeiro. Raniel foi derrubado na área, e Thiago Neves foi para a cobrança. O meia bateu no canto esquerdo e viu Jean voar para fazer a defesa. A Raposa seguiu buscando o gol e marcou aos 17 minutos. Léo aproveitou cobrança de escanteio de Thiago Neves e cabeceou para o fundo das redes: 1 a 0.

A rodada da Série A ficará completa nesta segunda-feira (18), com a partida entre Palmeiras e Coritiba, às 20h, no Pacaembu.

[T] Assessoria/CBF

[F] Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Sport perde para o Flamengo no Rio

SportxFlamengo-(Divulgação)

Com um jogador a menos desde os 18 minutos do segundo tempo, o Sport perdeu para o Flamengo por 2×0, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, pela 24ª rodada do Brasileirão.

Agora, o time rubro-negro se prepara para o jogo de volta das oitavas de finais da Sulamericana, quarta-feira, contra a Ponte Preta, em Campinas. No duelo de ida, o Leão venceu por 3×1.

jogo –  Os primeiros minutos de bola rolando davam a impressão de que as equipes fariam um duelo disputado. O gol marcado pelo Flamengo, no entanto, com apenas oito minutos, mudou o rumo da partida. Com a vantagem no placar, os donos da casa conseguiram dominar a partida, apesar de o Sport chegar com perigo ao ataque em algumas oportunidades.

O primeiro gol do jogo saiu com Guerrero, que se aproveitou de um rebote de Magrão. Aos 15, Patrick quase empatou, num chute da entrada da área.  O Leão até que tentou equilibrar as ações, mas acabou indo para o intervalo atrás no marcador.

No segundo tempo, curiosamente, o time pernambucano passou a se encontrar mais na partida após a expulsão de Patrick, aos 18 minutos, por reclamação. Dez minutos depois, Rogério por pouco não marcou, num chute da marca do pênalti. Aos 38, foi a vez de Wesley assustar, numa bomba que obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa.

Aos 48, Everton Ribeiro ainda marcou o segundo gol flamenguista, de cabeça.

[T] Sport Club do Recife

[F] Divulgação

Santa Cruz vence o Goiás, quebra sequência negativa e deixa zona de rebaixamento

Santa-Cruz-(CoralNET)

O Santa Cruz conseguiu apresentar um bom futebol e goleou o Goiás, no Arruda. O gol de João Paulo e os dois de Bruno Paulo encerraram sequência negativa e, de quebra, tiraram o tricolor da zona de rebaixamento. Diante de sua apaixonada torcida, a equipe comandada por Martelotte alcança os 27 pontos na Série B.

Nem o mais otimista esperava um início de jogo avassalador do Santa Cruz. Com menos de 3 minutos após o apito inicial, João Paulo abriu o placar de cabeça e deu uma tranquilidade maior para a equipe coral trabalhar durante o jogo. O Mais Querido dominou as ações e Júlio César foi exigido apenas uma vez. Os jogadores desceram para os vestiários aplaudidos pelo torcedor presente no Arruda.

Necessitando pontuar, o Goiás pressionou e não conseguiu furar o bloqueio coral. Apesar de focar na marcação no segundo tempo, o tricolor foi cirúrgico nos contra ataques e conseguiu fazer dois gols dessa maneira. Bruno Paulo, que havia entrado na primeira etapa, foi o autor dois últimos gols que decretaram a vitória coral.

Gols – O Santa Cruz conseguiu abrir o placar com três minutos da etapa inicial. André Luis recebeu na esquerda, fez o cruzamento e João Paulo apareceu livre para cabecear no fundo das redes. Aos 39 minutos, Bruno Paulo aproveitou passe de João Paulo, em ótimo contra ataque e bateu no ângulo de Marcelo Rangel. Poucos minutos depois, aos 42, o mesmo Bruno Paulo fez ótima jogada individual, invadiu a área e pôs números finais do duelo.

Time – Marcelo Martelotte teve uma semana quase cheia para preparar a equipe visando o Goiás. Apesar do empate diante do ABC, na última rodada, o treinador gostou da atuação da equipe no primeiro tempo e resolveu dar sequência aos titulares. O time entrou em campo da seguinte forma: Júlio César; Nininho, Anderson Salles, Sandro, Tiago Costa; João Ananias, Derley, Thiago Primão, João Paulo; André Luis e Grafite.

Modificações – Marcelo Martelotte foi obrigado a fazer a primeira e a segunda mudança por questões médicas. André Luis deixou o campo com 30 minutos do primeiro tempo, alegando dores na coxa, para a entrada de Bruno Paulo. Na etapa final, com 17 minutos, Derley torceu o tornozelo e saiu para Wellington Cezar entrar. A última mexida de Martelotte, por opção, foi a Ricardo Bueno na função de Grafite.

[T] e [F] CoralNET

Náutico perde para o Oeste com gol irregular

OestexNáutico

O Timbu bem que tentou, mas não conseguiu a primeira vitória fora de casa sob o comando do técnico Roberto Fernandes. Na tarde deste sábado (16), o Náutico foi derrotado pelo Oeste por 1×0, na Arena Barueri, com gol de Robert. Vale ressaltar a irregularidade do tento devido ao toque da bola no braço do atacante da equipe paulista. Na 19ª posição com 20 pontos, o Alvirrubro agora se prepara para enfrentar o Internacional, no próximo sábado, no Estádio Lacerdão, em Caruaru.

O duelo começou aberto e com oportunidades para as duas equipes. Desde o início, os goleiros foram obrigados a trabalhar. Em dois arremates de fora da área, o Timbu esteve perto de abrir o placar. O adversário, por sua vez, usou dos mesmos artifícios, mas parou no goleiro Jefferson. Quando o primeiro tempo caminhava para o final, os alvirrubros sofreram o primeiro baque. O lateral-esquerdo Àvila recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso deixando a equipe com um a menos.

Na etapa complementar, o Oeste se jogou ainda mais ao ataque com a entrada do centroavante Robert. E foi ele mesmo quem marcou o gol da vitória dos paulistas. Após cruzamento na área, o atacante cabeceou, a bola resvalou em seu braço e morreu no fundo das redes. O Timbu tentou reagir até o último minuto, porém, não conseguiu furar o bloqueio do oponente.

[T] e [F] Comunicação CNC

Corinthians perde pela segunda vez seguida no brasileiro

SantosxCorinthians-(Foto--Ivan-Storti_Santos-FC)

Líder do campeonato brasileiro de futebol, com 50 pontos ganhos, o Corinthians sofreu a segunda derrota consecutiva e a terceira na competição,  domingo (10), desta vez diante do Santos, na Vila Belmiro, por 2×0, gols de Lucas Lima e Ricardo Oliveira no 2º tempo, mas manteve uma diferença de sete pontos para o segundo colocado, o Grêmio, que também perdeu na 23ª rodada, para o Vasco, por 1 x0, e permaneceu na vice-liderança, com 43 pontos. O Santos é o terceiro colocado, com 41 pontos.

A vantagem corintiana era de 11 pontos três rodadas antes e na 22ª o Corinthians perdeu em casa para o lanterna, Atlético Goianiense, por 1×0. Agora, as duas equipes jogarão no meio da semana por competições internacionais: o Santos enfrenta o Barcelona de Guiaquil, no Equador, na quarta-feira (20), às 21h45, pelas quartas de final da Libertadores. No mesmo dia e horário, o Corinthians recebe o Racing em São Paulo pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Nos outros jogos da rodada, os resultados foram os seguintes: Atlético MG 1x1Palmeiras; Vasco 1x0Grêmio; São Paulo 2×2 Palmeiras; Atlético PR 1x1Coritiba; Sport 0x1Avaí; Vitória 2×2 Fluminense; Botafogo 2×0 Flamengo; Chapecoense 1×2 Cruzeiro. A rodada será encerrada nesta segunda-feira com o jogo Atlético GO x Bahia.

A classificação é a seguinte: 1º, Corinthians (50 pontos); 2º, Grêmio (43); 3º, Santos (41); 4º, Palmeiras (37); 5º, Flamengo (35); 6º, Cruzeiro (34); 7º, Botafogo (34); 8º, Vasco (31); 9º, Atlético PR (31); 10º, Fluminense, 31; 11º, Atlético MG (30); 12º, Sport (29); 13º, Ponte Preta (28); 14º, Avaí (28); 15º, Coritiba (27); 16º, Bahia(26); 17º, Vitória (26); 18º, Chapecoense, (25); 19º, São Paulo (24); 20º, Atlético GO (18).

A 24ª rodada, nos dias 16,17 e 18, é a seguinte: Ponte Preta x Atlético GO; Botafogo x Santos; Palmeiras x Coritiba; Grêmio x Chapecoense; Corinthians x Vasco; Avaí x Atlético MG; Vitória x São Paulo; Flamengo x Sport; Atlético PR x Fluminense e Cruzeiro x Bahia.

[T] Assessoria/CBF

[F] Ivan Storti/Santos FC

No Recife, Sport perde para o Avaí

SportxAvap-(Williams-Aguiar_Sport-Club-do-Recife)

Depois de mais de 20 dias longe da Ilha do Retiro, o Sport voltou a campo em sua casa diante do Avaí, neste domingo (10), às 16h. O resultado não saiu como esperado para os rubro-negros, que perderam de 1×0 para o adversário, com gol marcado por Junior Dutra, ainda no primeiro tempo. Próxima partida do Leão é contra a Ponte Preta, pela Sul-Americana, nesta quarta (13), na Ilha.

Primeiro Tempo – Quando o juiz apitou, os rubro-negros tomaram a dianteira da partida e passaram a criar boas oportunidades de gol, além de ter a maior posse de bola, dando trabalho ao goleiro do Avaí. A primeira chance foi logo aos dois minutos de partida, quando a bola sobrou para Diego Souza – depois de passe de Wesley – e o meia tentou de bicicleta. Aos 17, foi a vez de bate-rebate na área, mas a defesa do Avaí levou a melhor e tirou a melhor chance do Leão de gol na primeira etapa. Mesmo parecendo ter o jogo “em mãos”, o Leão levou o gol do Avaí aos 26 minutos, depois do cabeceio de Júnior Dutra, que se antecipou à marcação.

Everton Felipe – Ainda no primeiro tempo, Luxemburgo fez sua primeira substituição. Sofrendo uma entorse no joelho esquerdo, o meia Everton Felipe saiu de campo às lágrimas e deu lugar ao atacante Rogério. Everton já está em tratamento e será avaliado nesta segunda.

Segundo tempo – O time voltou com a mesma formação de quando foi para o intervalo. À frente no placar, o Avaí não ofereceu perigo nos primeiros minutos e o jogo foi ficando mais morno. Os rubro-negros apareciam no ataque, mas sem muito perigo. Aos 16 minutos, mais uma mudança no time: Rithely saiu para a entrada de Osvaldo. Mesmo com mais velocidade no contra-ataque, o Leão não conseguiu balançar as redes dentro da Ilha. Aos 28 minutos, Luxa promoveu a estreia do atacante Bruno Xavier, que entrou no lugar do lateral Samuel Xavier. Com o apito final, o Leão é derrotado por 1×0 e começa a pensar na partida diante da Ponte Preta.

Ficha do Jogo
SPORT: Magrão, Samuel Xavier (Bruno Xavier), Ronaldo Alves, Henríquez e Mena; Patrick, Rithely (Osvaldo), Wesley, Diego Souza e Everton Felipe (Rogério); André.

AVAÍ: Douglas, Capa, Betão, Airton e Leandro Silva; Simião, Judson, Juan e Pedro Castro; Junior Dutra e Joel.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Wagner do Nascimento (RJ). Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Correa (RJ). Gols: Junior Dutra, aos 26 minutos do 1º tempo;  Cartões amarelos: Diego Souza, Mena e Henríquez (S); Júnior Dutra, Rômulo, João Paulo e Capa (A); Público: 9.870 torcedores. Renda: R$ 200.541,00.

Jogos – Os resultados das partidas da 23ª. rodada foram os seguintes:  Atlético-MG 1×1 Palmeiras, Vasco 1×0 Grêmio< São Paulo 2×2 Ponte Preta< Atlético-PR 1×1 Coritiba,  Santos 2×0 Coritihians,  Vitória 2×2 Fluminense, Sport 0x1 Avaí, Botafogo 2×0 Flamengo e Chapecoense 1×2 Cruzeiro. Nesta segunda-feira (11) jogam Atlético-GO x Bahia (20h).

A classificação atualizada está disponível aqui.

[T] Sport Club do Recife

[F] Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Operário/PR é campeão da Série D 2017

Operário-(Foto-Rener-Pinheiro-_-CBF)

A Série D do Campeonato Brasileiro 2017 é do Operário/PR! Após vencer o duelo de ida por 5 a 0, o Fantasma recebeu o Globo/RN na noite deste domingo (10), no Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR), e foi derrotado por 1 a 0. Por conta do grande resultado no primeiro encontro, o time paraense ficou com o título.

O único gol do duelo desta noite saiu aos 24 minutos do primeiro tempo. Após bola levantada na área, Tiago Lima aproveitou a sobra e balançou a rede para o Globo. O tento adversário não foi o suficiente para desanimar a torcida do Operário, que lotou o estádio e fez festa durante toda a partida.

Fundado em 1º de maio de 1912, o Operário Ferroviário Esporte Clube conquistou o primeiro título nacional da sua centenária história. O Fantasma garante o acesso à Série C de 2018 ao lado do próprio Globo, Juazeirense/BA e Atlético Acreano.

[T] Assessoria/CBF

[F]  Rener Pinheiro/CBF

Náutico: Roberto Fernandes reconhece atuação abaixo da média, mas valoriza vitória e reação

Roberto_Fernandes_Náutico-(CoralNET)

O técnico Roberto Fernandes reconheceu as dificuldades do Náutico na vitória sobre o Brasil-RS, na noite da última quarta-feira (6), por 1×0, na Arena de Pernambuco. De acordo com o comandante alvirrubro, a equipe teve problemas para se encontrar. Por outro lado, o treinador valorizou o resultado e o poder de reação tanto no jogo quanto no campeonato após o terceiro triunfo em casa na Série B.

“A gente tinha ideia de que ia ser um jogo bastante complicado. O Brasil é uma equipe que tinha 13 pontos na nossa frente, numa posição que o permitia jogar no nosso erro, e nós demos esse erro a eles, diga-se de passagem. A nossa equipe sentiu o jogo. Não conseguimos encaixar e não fizemos um primeiro tempo tecnicamente, nem taticamente brilhante. No segundo tempo, a equipe veio com um pouco mais de intensidade com a entrada de Iago, mas, em contrapartida, perdemos o meio de campo. Precisando da vitoria, entendi que era o momento de dar um passo atrás. A entrada do Schuster deu uma equilibrada e a equipe passou a criar. Parti para jogar com dois homens de referência com a entrada do Vinícius. E no abafa fizemos o gol”, celebrou o treinador do Timbu.

Com a vitória, o Náutico diminuiu a distância para sair da zona de rebaixamento para cinco pontos. A menor desde que a equipe foi bater na lanterna. Porém, Roberto Fernandes mantém os pés no chão e aponta de que há muito caminho a percorrer, com uma dificuldade ainda maior na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Daqui para frente é isso aí. O Náutico era um pato morto. O Náutico ficou 16 rodadas na lanterna. Veio vencer em casa na última partida do primeiro turno. E um detalhe importante. Sem contratações. É o mesmo elenco que não venceu nenhum jogo em casa e que agora venceu três. Não pensem que vai mudar da água para o vinho. Vamos sofrer até o fim e o último terço do campeonato é o mais difícil”, pontuou.

Jogos – Os resultados das partidas da 23ª. rodada foram os seguintes: Guarani 0x0 Vila Nova,  Goiás 0x1 Paraná, Náutico 1x Brasil-RS, Boa 1×1 Figueirense, Paysandu 0x1 América-MG< Criciúma 2×1 Luverdense, Londrina 3×1 Ceará, Juventude 2×1 Internacional, ABC-RN 0x0 Santa Cruz e CRB 0x1 Oeste.

A classificação atualizada está disponível aqui