Petrolina

Recadastramento atinge quase 95% dos servidores municipais

prefeitura-de-petrolina-png

Encerrado na última quarta-feira (19), o recadastramento de servidores ativos efetivos da Prefeitura de Petrolina alcançou a meta prevista, atingindo um alto índice, com o total de quase 95% dos 3.758 convocados. Ao todo, 3.558 servidores compareceram, faltando apenas 200.

Iniciada em março, a ação teve como objetivo validar os locais e jornada de trabalho dos servidores, a fim de operacionalizar o sistema de recursos humanos do município. Além de balizar informações importantes para os novos gestores da Administração, o recadastramento vai identificar a existência de possíveis não conformidades, a exemplo do acúmulo indevido de cargos e a incompatibilidade de horários de trabalho.

Segundo a secretária de Gestão Administrativa, Luiza Leão, com as informações em mãos, o setor de recursos humanos deve atualizar todo cadastro e assim manter um banco de dados que será capaz de conhecer cada funcionário e diagnosticar cada situação, numa forma de organizar e fazer distribuições de forma justa para cada setor.

A secretária Executiva de Gestão Administrativa e presidente da Comissão do Recadastramento, Maria Edinalva Burgos, comemorou o resultado obtido no recadastramento. “O trabalho ocorreu de maneira tranquila, os servidores compareceram e participaram de todo o processo. Além disso, contamos com a parceria das outras Secretarias que nos ajudou ao longo desse desafio”, falou.

O recadastramento ocorreu em duas fases: virtual e presencial. Os servidores que não realizaram o recadastramento terão seus salários suspensos até a devida regularização junto ao RH.

Trabalhadores da saúde começam a ser vacinados na UPAE/IMIP de Petrolina

Vacinação

Acompanhando o calendário de vacinação da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) iniciou segunda-feira (24), à campanha de vacinação dos trabalhadores de saúde. Até sexta-feira (28), funcionários e colaboradores da Unidade poderão se imunizar contra os vírus H1N1, H3N2 e B.

De acordo com a gerente de epidemiologia, Isadora Rodrigues, todo ano a UPAE participa da campanha. “Nós solicitamos as doses de acordo com o nosso percentual de profissionais, de forma a atingir o maior número possível de trabalhadores. Sempre que as vacinas são disponibilizadas pela secretaria nós ofertamos, e geralmente isso segue o calendário do Ministério da Saúde”, informa.

Ciente da importância da imunização, o auxiliar de recepção e portaria Rodolfo Soares, não perdeu tempo e foi logo no primeiro dia garantir a vacina. “Na verdade a equipe de enfermagem sempre está cobrando o nosso cartão de vacinação para verificar se está em dia. Mas, os trabalhadores da saúde já entendem bem que estão expostos à riscos e sabem que a vacinação é uma das melhores formas de proteção. Aqui na UPAE, por exemplo, a equipe sempre adere às campanhas”, acredita.

Segundo o coordenador médico da UPAE, Elson Marques, nos meses de abril e maio acontece uma procura maior dos serviços de saúde devido às queixas de um quadro sintomático referente às síndromes gripais, que podem se apresentar em forma de resfriado, quando os sintomas são mais brandos, ou da gripe propriamente dita, que em geral apresenta características mais importantes e que baixam mais rapidamente a imunidade do paciente.

“Por isso é tão importante a vacinação nesse época, já que a gripe é uma doença sazonal que tem seu pico nessa época do ano. Os trabalhadores de saúde fazem parte do grupo de risco que precisa ser protegido e a UPAE busca todos os anos garantir esse direito”, destaca o coordenador.

Para os demais grupos de risco (que abrange gestantes, puérperas, maiores de 60 anos, população privada de liberdade, pessoas com doenças crônicas e crianças de 6 meses a menores de 5 anos) as vacinas são oferecidas nos postos de saúde.

Petrolina: Prorrogados os prazos para vistoria veicular obrigatória

MOTO-TAXI zz

Os prazos para a realização da vistoria anual obrigatória de veículos que compõem o sistema local de transporte público complementar e individual de passageiros foi ampliado pela Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA). Segundo o órgão, a mudança tem como objetivo garantir maior conforto aos proprietários de veículos.

Os veículos de transporte complementar, escolar, táxi, mototáxi, de fretamento e de turismo que deveriam ter realizado o procedimento até 15 de abril, agora poderão realizar até 15 de maio. Os mototaxistas também tiveram prazo prorrogado até o dia 31 de maio. Já os permissionários com pendências terão até 26 de abril para saná-las.

Os responsáveis pelos veículos devem comparecer à sede da AMMPLA, localizada na Av. da Integração, Caminho do Sol, n° 1202, das 7h às 13h, para pagamento das taxas. Quando estiverem de posse da autorização, podem se dirigir até o Sest/Senat, no bairro KM 2, para fazer as vistorias. Os motoristas que não realizarem o procedimento poderão pagar multas e ter o automóvel apreendido.

Os condutores devem apresentar os seguintes documentos: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos estados da Bahia e Pernambuco, certidão de nada consta da habilitação, e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo.

Vistoria Data
Transportes complementares, táxi, fretamento e turismos Até 15 de maio/ 15 de junho a 15 de julho/ 5 de outubro até 15 de novembro
Mototaxistas 31 de maio
Categoria Escolar 15 de maio; 15 de junho a 15 de julho, e finaliza de 15 de outubro até 15 de novembro.

Permissionários com pendências

Até o dia 26 de abril

Prefeitura convoca proprietários a regularizarem edificações em Petrolina

Edificações-Petrolina

O decreto municipal nº 46/2017, publicado no dia 05 de abril, regulamenta a Lei nº 2898/17, que trata da regularização de edificações que se encontram em desconformidade com o Plano Diretor Participativo, o Parcelamento do Solo Urbano, e o Código de Obras de Petrolina. Dessa forma, em vez de serem embargadas e até demolidas, essas edificações podem ser regularizadas via processo administrativo regulado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS).

Para emissão da Certidão de Regularização da Construção e Habite-se o requerente deve dar entrada junto ao Protocolo da SEDURBS no processo de Regularização de Edificações. em seguida, com a emissão do número do processo, será dado início a tramitação da solicitação. Na sequência, a Diretoria de Licenciamento Urbano vai analisar toda a documentação e o projeto, indicando as contrapartidas cabíveis (estabelecidas pela Lei Municipal n° 2.898/2017) para emissão do Documento de Arrecadação Municipal (DAM) e a Taxa de Expediente. Juntamente com a emissão do DAM, será concedida a Anuência para requerimento da Licença Ambiental junto a Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA). Por fim, após apresentada e anexada ao processo a cópia da Licença Ambiental concedida pela AMMA e do comprovante de pagamento do DAM referente às taxas de contrapartida, será emitido o alvará de Regularização de Construção. O Habite-se é emitido ao final da construção, após vistoria e parecer favorável das equipes de fiscalização. A expectativa é de que a emissão do DAM, da Taxa de Expediente e da Anuência para a licença ambiental seja realizada no prazo de uma semana.

Fiscalização – A SEDURBS alerta que será realizada fiscalização rotineira a fim de se constatar irregularidades. Quando ocorrer, será dado um prazo para que o proprietário realize a regularização do empreendimento. Aqueles que não se regularizarem, certamente vão encontrar dificuldades quando da venda do imóvel ou na hora de conseguir junto à prefeitura uma certidão negativa. A documentação necessária nestes casos, só será liberada para edificações devidamente regularizadas.

Nassau realiza debate sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Faculdade Maurício de Nassau de Petrolina realiza, na próxima segunda-feira (24), a primeira edição do Debate Jurídico do Vale do São Francisco, com o tema “Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. O evento, aberto ao público, acontecerá às 19h30, no auditório da Unidade, e contará com a participação de representantes da Vara da Infância e Juventude de Petrolina, do Conselho Tutelar e da Secretaria Executiva de Direitos Humanos, além de estudantes e sociedade geral.

A bacharela em Direito e Professora da NASSAU Petrolina, Ariana Andrade, está coordenando o evento e ressaltou que o objetivo é reunir a sociedade para debater sobre o assunto. “O Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, determina que nenhuma criança ou adolescente seja objeto de qualquer forma de negligência, discriminação ou exploração. No entanto, o abuso sexual infantil ainda é algo corriqueiro. Precisamos ficar mais atentos e buscar meios de combater essa realidade”, destacou.

O evento foi idealizado pela aluna Paloma Pereira. Para ela, é importante discutir o assunto. “Eu sempre tive vontade de realizar um evento com essa temática. Durante a aula da disciplina Noções de Direito, vários colegas de turma relataram que conheciam pessoas que passaram por situações de abuso sexual e pude amadurecer a ideia junto com a NASSAU. Por isso, sugeri que a temática fosse abordada de forma mais aprofundada, estimulando as pessoas a denunciarem”, frisou.

A Secretaria Especial de Direitos Humanos (SDH) divulgou, por meio de dados do Disque 100, que em 2016 foram registradas 17.523 denúncias de abuso e violência sexual de crianças e adolescentes, em todo o Brasil. A maioria dos casos ocorreu com crianças do sexo feminino entre quatro e sete anos. A SDH informou, ainda, que em Pernambuco foram totalizados 571 episódios. Já em Petrolina, a Secretaria de Defesa Social (SDS) contabilizou 31 ocorrências, no último ano.

Serviço

Debate Jurídico sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Local: Faculdade Maurício de Nassau de Petrolina

Quando: 24 de abril

Gratuito

Prefeitura elimina buraco que atrapalhava o trânsito na orla de Petrolina

Buraco_Orla-(3)

As equipes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), envolvidas na Operação Tapa-buraco, conseguiram resolver um problema que estava atrapalhando quem trafegava pela Avenida Cardoso de Sá, na Orla de Petrolina. É que um grande buraco se formou bem em frente à Escola Dom Malan, resultado do crescimento descontrolado da raiz de uma das árvores da localidade e a erosão causada num ponto danificado do canteiro central após as últimas chuvas registradas na cidade.

Buraco_Orla-(2)Para recuperar o asfalto foi necessário reconstruir três camadas da via, desde o subleito, passando pela sub-base e base que foram carreadas pela água da chuva. A ação, realizada pela secretaria-executiva de Serviços Públicos, contou com a mão-de-obra de 5 homens e o auxílio de uma retroescavadeira e uma caçamba basculante. Foram três dias de trabalho até que os serviços fossem concluídos nesta quarta-feira (19), culminando com a liberação da pista que estava interditada naquele trecho.

Operação – Com investimento de R$ 1,27 milhão a Prefeitura de Petrolina deu início no último dia 03 a primeira fase da Operação Tapa-buraco. A ideia do prefeito Miguel Coelho é atender a uma demanda antiga e ao mesmo tempo urgente da população. Por isso, algumas das principais vias da cidade, como as avenidas Barão do Rio Branco, Cardoso de Sá e da Integração já tiveram partes das vias recuperadas. Até o segundo semestre deste ano, as equipes de manutenção também devem atuar em alguns bairros como Areia Branca, Caminho do Sol, Gercino Coelho e João de Deus.

Petrolina sedia Marcha pela Ciência

Marcha pela Ciência

No próximo dia 22 de Abril, Dia da Terra, cientistas de todo o mundo marcharão em mais de 500 cidades ao redor do planeta para chamar atenção para o importante serviço que a comunidade científica presta à sociedade e pedir que os políticos parem de propor projetos que não sejam baseados em evidências. Lançada nos Estados Unidos em reação à tentativa de Donald Trump de desmontar organizações científicas do governo e passar decretos que vão contra evidências científicas, a Marcha pela Ciência logo ganhou adeptos por todo o mundo.

No Brasil, onde a ciência está em risco por conta dos cortes indiscriminados nos orçamentos do governo, estão confirmadas manifestações em mais de 10 cidades. Já têm site e/ou convocação nas redes sociais os eventos em Belém, Belo Horizonte, Diamantina, Natal, Pato Branco, Petrópolis, Petrolina, Porto Alegre, Manaus, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em Petrolina a concentração será às 16h na Praça 21 de Setembro. A mobilização visa chamar a atenção para o valioso papel de serviço público que a ciência desempenha na sociedade, destacar a necessidade de uma educação científica contínua, lutar contra a discriminação dentro das próprias instituições e comunidades e reforçar que os políticos devem sempre propor e promulgar leis e politicas públicas baseadas em evidências científicas.

A questão dos cortes orçamentários será o principal mote da marcha no Rio de Janeiro, onde os organizadores utilizarão tesouras de papelão para fazer um “tesouraço” denunciando e criticando os enormes cortes que ocorreram nos recursos para Ciência & Tecnologia no país e no Rio de Janeiro, bem como em outras áreas como educação, meio ambiente, cultura etc.

As marchas estão sendo organizadas localmente por cientistas e entusiastas da ciência e envolvem instituições de ponta em ciência e educação.

Campeonato de Futebol do Bom Jardim será realizado em maio

ConviteSerá realizada no mês de maio a 4ª. edição do Campeonato de Futebol da Comunidade do Bom Jardim, em Petrolina.  A competição  já tem inscritas oito equipes: Os Panelinhas, Bom jardim, Uruás, peixada velho Chico, Lindolfo Silva, R4, Verde Real e PSG de Juazeiro.  Há vaga ainda para mais duas.

A abertura está prevista para o dia 13 de maio, quando será realizada a partida de abertura que contará com a equipe campeã da edição anterior, Os Panelinhas. O adversário, no entanto, será conhecido através de sorteio no próximo sábado (22). Além do jogo haverá atrações musicais a exemplo de Jussandro Pedro e Neris do Forró. Este ano, a competição conta com apoio da Prefeitura de Petrolina.

De acordo com a organização, está prevista ainda durante a abertura uma homenagem ao jogador Roberto de Lucas Santos, conhecido como Heré Barril, que morreu afogado na última quinta-feira (13), no rio São Francisco. Ele tinha passagem pelo Petrolina e ano passado disputou a competição no Bom jardim.

Os jogos do campeonato do Bom Jardim serão realizados nos sábados a partir do dia 22 de maio, sempre no horário das 15h50. As equipes interessadas em participar podem entrar em contato com José Anísio  através do telefone 87-99942-7229.

O acesso à comunidade do Bom Jardim se dá pela rodovia BR 407, via Uauás, ou pela rodovia que corta o Maria Tereza.

AMMPLA prorroga prazos para vistoria veicular obrigatória

AMMPLA-logomarcaOs prazos para a realização da vistoria anual obrigatória de veículos que compõem o sistema local de transporte público complementar e individual de passageiros foi ampliado pela Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA). Segundo o órgão, a mudança tem como objetivo garantir maior conforto aos proprietários de veículos.

Os veículos de transporte complementar, escolar, táxi, mototáxi, de fretamento e de turismo que deveriam realizar o procedimento até 15 de abril, agora poderão realizar até 15 de maio. Os mototaxistas também terão um prazo prorrogado até o dia 31 de maio. Já os permissionários com pendências terão até 26 de abril para saná-las.

Os responsáveis pelos veículos devem comparecer à sede da AMMPLA, localizada na Av. da Integração, Caminho do Sol, n° 1202, das 7h às 13h, para pagamento das taxas. Quando estiverem de posse da autorização, podem se dirigir até o Sest/Senat, no bairro KM 2, para fazer as vistorias. Os motoristas que não realizarem o procedimento poderão pagar multas e ter o automóvel apreendido.

Os condutores devem apresentar os seguintes documentos: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos estados da Bahia e Pernambuco, certidão de nada consta da habilitação, e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo.

Serviço:

 

Vistoria Data
Transportes complementares, táxi, fretamento e turismos Até 15 de maio/ 15 de junho a 15 de julho/ 5 de outubro até 15 de novembro
Mototaxistas 31 de maio
Categoria Escolar 15 de maio; 15 de junho a 15 de julho, e finaliza de 15 de outubro até 15 de novembro.
Permissionários com pendências Até o dia 26 de abril

 

BIP: Ampliado número de postos de emissão do cartão pré-pago em Petrolina

Cartões-BipO Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco – Setranvasf ampliou o número de postos de recarga e emissão de cartões pré-pagos (primeira via). São 50 postos de recarga espalhados pelos bairros da cidade de Petrolina, sendo que 20 destes vão poder comercializar os cartões pré-pagos, sem burocracia e com entrega imediata aos usuários gratuitamente.

O usuário poderá confeccionar o cartão nos mesmos pontos em que são feitas as recargas, tornando assim o processo mais cômodo e ágil. É só comparecer à uma das lojas BIP portando os originais de RG, CPF e comprovante de residência.

Ao receber a primeira via do BIP PRÉ-PAGO, o cliente deve efetuar uma recarga mínima correspondente ao valor de duas tarifas vigentes no transporte público coletivo de passageiros de Petrolina. Lembrando que os portadores do cartão BIP têm descontos na tarifa e a comodidade da integração nas linhas dentro de Petrolina. O cartão torna-se mais seguro ainda, já que, em casos de perda ou roubo, o usuário pode fazer o bloqueio dos créditos e recuperá-los posteriormente.