Santa Cruz perde para o América-MG e se complica na Série B

Santa-Cruz-0x1-América-MG-(Foto-CoralNET)

Com ambas as equipes necessitando do resultado, a expectativa era de um jogo com muitas oportunidades. E foi assim que Santa Cruz e América Mineiro disputaram uma partida pegada, no último sábado (07) com cada espaço do campo sendo devidamente disputado pelos jogadores. Apesar da marcação alta dos visitantes, a equipe coral procurou imprimir velocidade nas jogadas de ataque.

Assim como na partida diante do Internacional, o técnico Marcelo Martelotte optou pelo mistério. Continuando sem contar com Tiago Costa e Sandro, vetados pelo departamento médico, o treinador coral ganhou o retorno do volante Derley, que cumpriu suspensão automática. Voltando à ideia com dois volantes de marcação, a única mudança em relação ao último jogo foi a entrada de Derley, no lugar de Bruno Paulo. Assim, o Santa Cruz foi formado com: Júlio César; Nininho, Anderson Salles, Guilherme Mattis e Yuri; Wellington Cézar, Derley e Thiago Primão; João Paulo, André Luís e Grafite.

Criando chances principalmente nos 15 minutos iniciais, o time das três cores apresentava as mesmas dificuldades recentes de concluir em gol as investidas que foram recorrentes tanto pelo lado esquerdo com Yuri, quanto com o pivô do atacante Grafite, puxando a marcação da equipe mineira.
Na volta do intervalo, o que se viu foi um América Mineiro mais bem postado, tentando equilibrar as ações e oferecer mais perigo ao goleiro Júlio César. Porém, foi o Santa Cruz que continuou buscando mais o gol, chegando a balançar as redes por volta de 25 minutos da segunda metade de partida. Após cruzamento, Anderson Salles apareceu para definir, mas o auxiliar marcou impedimento que gerou protestos dos jogadores.

Gol– O placar foi definido aos 32 minutos da etapa final. Depois de boa jogada de Renan Oliveira, o habilidoso Matheusinho encontrou liberdade para chutar e concluiu com precisão no canto de Júlio César, que se esticou mas não alcançou a finalização.

Modificações  – Num intervalo de apenas cinco minutos, Martelotte realizou duas modificações na equipe. Inicialmente, tirou André Luis de campo e acionou Bruno Paulo pelo lado esquerdo de ataque. Três minutos depois, aos 15 do segundo tempo, Ricardo Bueno assumiu a vaga de Grafite na referência. A última cartada ocorreu aos 32 minutos, quando Wellington Cézar saiu para a entrada do meio-campo Natan.

Confira os jogos da próxima rodada aqui e aqui a classificação atualizada.

[T] e [F] CoralNET

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *